São Gonçalo em meio ao lixo

0 6

Além do estado de calamidade na saúde, os gonçalenses vivem com outro grande transtorno, a falta de coleta de lixo.

Problemas oriundos da administração da ex-prefeita Aparecida Panisset transformaram as ruas de São Gonçalo em um verdadeiro lixão a céu aberto.

A prefeitura alega que a empresa trabalha com menos de 50% da capacidade estipulada no contrato. Já a empresa Marquise justifica que tem mais de R$ 20 milhões a receber dos cofres municipais e em função disso esta prejudicada.

O prefeito Neilton Mulim ordenou a quebra de contrato. A empresa diz que vai recorrer da decisão.

No meio desta briga esta a população que ve montanhas de lixo crescerem em todos os pontos da cidade. Até as grandes avenidas, como o calçadão do Alcântara estão com lixo acumulados.

O acumulo de lixo tende a agravar a questão da saúde pública gonçalense.

Neilton Mulim não poderia esperar um começo de governo mais conturbado.

Leave A Reply

Your email address will not be published.