Tarifa das Barcas pode sofrer reajuste de 6,66%

0 0
Foto: Divulgação Web
Foto: Divulgação Web

Concessionária que administra os serviços das Barcas em Niterói solicita o aumento de passagens à Agência Reguladora de Transportes Públicos. Uma vez aprovado o valor da passagem, o usuário terá que desembolsar a quantia de R$ 4,80 para viajar

O preço da passagem das barcas poderá sofrer um reajuste de 6,66%, esse aumento foi solicitado à Agência Reguladora de Transportes Públicos (Agetransp) pela Concessionária Barcas S/A no último dia 31 de janeiro desse ano. De acordo com informações da assessoria de imprensa da agência, esse reajuste anual está no contrato, mas ainda não está definido e nem tem data prevista para entrar em vigor.

De acordo com a Barcas S/A, essa solicitação de revisão nas tarifas das passagens tomou como base o IPCA, medido pelo IBGE ou IGP-M, da Fundação Getúlio Vargas (FGV). A Lei 6138, que concedeu o aumento de 60,71% no valor da passagem para a travessia Rio-Niterói no ano passado não previa fórmula de cálculo tarifário. Vai ser necessário, então, alterar o contrato de concessão para efetuar tal reajuste. Se o valor de 6,66% for aprovado, o usuário terá que pagar R$ 4,80, em vez de R$ 4,50 para atravessar de barca a Baía de Guanabara.

O reajuste de 60% na tarifa das barcas aconteceu em março do ano passado. O preço da passagem, que custava R$ 2,80, passou para R$ 4,50 (usuários Bilhete Único intermunicipal pagam R$ 3,10, por meio de um subsídio do Governo do Estado). O aumento foi autorizado pela Agetransp visando regularizar uma dívida da concessionária, que atingiria cerca de R$ 106 milhões na época.

Passados três meses após esse aumento, o Grupo CCR assumiu a administração do serviço.

 

Fonte: Assessoria AGETRANSP

Leave A Reply

Your email address will not be published.