Niterói: Prefeito e vice-prefeito lançam programa de despoluição da Enseada de Jurujuba

0 0
Foto: Prefeitura de Niterói
Foto: Prefeitura de Niterói

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, e o vice-prefeito Axel Grael lançaram nesta quinta-feira (9/5) o programa de despoluição da Enseada de Jurujuba. Chamado de Enseada Limpa, o projeto prevê ações integradas entre a Prefeitura e a concessionária Águas de Niterói.

 
Estão sendo investidos, somente na primeira etapa do programa, quase R$ 8 milhões, sendo R$ 5,7 milhões da Prefeitura em parceria com os governos federal e estadual, e R$ 2,1 milhões da concessionária.
 
“Esse projeto de recuperação da Enseada de Jurujuba é muito importante para Niterói, é prioridade da nova administração porque Niterói é uma cidade especial, tem enseadas belíssimas que nunca tiveram a atenção que deveria ter. Desde janeiro, estamos discutindo com a empresa Águas de Niterói essa lógica de parceria e concluímos a elaboração deste projeto. Esse programa terá intervenções em todos os pontos que, de alguma forma, têm contribuído com problemas relacionados à poluição da enseada. Serão implantadas redes coletoras, serão desenvolvidas melhorias relacionadas ao saneamento das comunidades em torno da bacia hidrográfica de Jurujuba, sistemas de bombeamento e tratamento de esgoto. Esses investimentos vão produzir já no final deste ano um resultado muito positivo na Enseada de Jurujuba”, afirmou Rodrigo Neves, que destacou a parceria entre a Prefeitura e a iniciativa privada no projeto.
 
Ações
 
 O vice-prefeito Axel Grael afirmou que algumas das ações já foram iniciadas. Entre elas, a contenção de encostas na comunidade Grota do Surucucu, em São Francisco, com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) cujo contrato foi firmado em 2006.  Essa obra, que prevê intervenções em 19 pontos, está 98% concluída. Somente nos quatro primeiros meses da atual administração, 43% da obra foi realizada, com investimentos de R$ 3,87 milhões. 
 
Na mesma localidade, estão sendo feitos também obras de obras de saneamento, pavimentação, urbanização, construção de 130 banheiros e cozinhas na localidade, que somam cerca de R$ 1,5 milhão.
 
O vice-prefeito afirmou que há uma ação intersetorial da Prefeitura no projeto com a participação das secretarias do Meio-Ambiente e Conservação e Serviços Públicos (Seconser), Emusa ( Empresa Municipal de Moradia Urbanização e Saneamento) e Clin (Companhia Municipal de Limpeza de Niterói). A Seconser, por exemplo, tem cumprido papel importante na limpeza de rios e do canal da avenida Presidente Roosevelt, em São Francisco.
 
Segundo Axel, a concessionária Águas de Niterói está realizando ações de saneamento nos bairros de São Francisco, Charitas e Jurujuba, como intervenções nas comunidades do Cascarejo e Peixe Galo (Jurujuba) e a implantação de um sistema na rua Murilo Portugal para separar o esgoto de São Francisco e Charitas.
 
O vice-prefeito afirmou ainda que será feito um recadastramento de todo o sistema de esgotamento sanitário dos bairros de São Francisco, Charitas e Jurujuba. Citou ainda como outra ação para o projeto de despoluição, o combate à infestação de roedores, que foi iniciado mês passado, na comunidade do Gavião, na região da Garganta, e que será estendido para outros locais. Segundo Axel, a previsão é, até agosto, 95% das ninheiras estejam eliminadas. 
 
“Todas essas ações integradas da Prefeitura e da Águas de Niterói vai melhorar a qualidade  deste aporte de água da Enseada de Jurujuba e poderemos tornar a região a primeira parte da Baía de Guanabara despoluída. Niterói poderá dar exemplo e mostrar que as ações podem fazer diferença”, afirmou.
 
O vice-prefeito explicou que todo esforço de despoluição não está concentrado somente no espelho d´água mas o que ocorre nas localidades que formam a bacia hidrográfica contribuinte à enseada.
 
“Durante anos houve inércia em relação à Enseada de Jurujuba sob alegação de que a poluição era decorrente da Baía de Guanabara e descobrimos, por meio de um monitoramento das correntes marítimas da Baía, que a influência era muito menos do que se imaginava”, explicou Axel Grael. 
 
Axel afirmou ainda que, com a despoluição, pretende trazer para a cidade no ano que vem a Semana Pré-Olímpica de Vela, um evento preparatório para os Jogos Olímpicos. A competição seria disputada na Enseada de Jurujuba.
 
O vice-prefeito afirmou ainda estar em planejamento uma segunda etapa do processo de despoluição da Enseada de Jurujuba. Dentre as ações, a criação de uma estação de tratamento de rios (ETR) do canal de São Francisco.
Fonte: Prefeitura de Niterói – Assessoria de Imprensa

Leave A Reply

Your email address will not be published.