São Gonçalo: Ministério da Saúde doa cinco ambulâncias para a cidade

0 0
Coordenadora Olguimar entrega ambulâncias ao pref. Neilt (3)
Foto: Prefeitura

A população gonçalense já pode comemorar. A cidade recebeu em doação do Ministério da Saúde mais cinco novas ambulâncias do SAMU, que poderão ser equipadas para atender no suporte básico tanto quanto no avançado (UTIs). Os veículos substituirão as unidades mais antigas, que passarão a fazer parte da frota da cidade.

A iniciativa foi intermediada pela Região Metropolitana II, que agrega sete municípios – Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, Silva Jardim e Tanguá – que têm que se adequar em manter as viaturas em bom estado e equipes uniformizadas, entre outras exigências, para receber mais recursos do governo federal.

Para o prefeito Neilton Mulim, as viaturas chegam em boa hora. “A população está em expansão, por conta dos diversos empreendimentos, como o Comperj, e com isso a necessidade de investimentos em áreas como a saúde, por exemplo”, comemorou o prefeito, lembrando que quando assumiu a prefeitura apenas quatro ambulâncias estavam funcionando e hoje são 21 veículos atendendo a população.

De acordo com a coordenadora geral da Região Metropolitana II, Olguimar Dias, a coordenação está empenhada em buscar recursos em Brasília e qualificar a cidade para que receba mais recursos do MS. “Niterói dentre as sete cidades foi a primeira a se qualificar e São Gonçalo, com certeza, será a segunda”, disse.

Ao receber as ambulâncias no pátio da prefeitura na tarde desta quinta-feira, o prefeito Neilton Mulim foi elogiado por populares na atuação na área da saúde. “Estamos felizes que o senhor está procurando melhorar o atendimento na saúde. A população precisa muito”, disse a aposentada Mirtes de Souza acompanhada do marido Antônio Carvalho.

O SAMU da Região Metropolitana II foi o primeiro a ser criado no País, inaugurado em setembro de 2004. E o primeiro atendimento da mesma foi em São Gonçalo para atender uma paciente da cidade.

Fonte e foto: Secretaria Municipal de Governo e Comunicação Social

Leave A Reply

Your email address will not be published.