sábado, abril 29, 2017
Home > Principal > Repórter Cidadão > Depoimentos de Manifestantes sobre o confronto em Itaboraí

Depoimentos de Manifestantes sobre o confronto em Itaboraí

Your ads will be inserted here by

Easy Plugin for AdSense.

Please go to the plugin admin page to
Paste your ad code OR
Suppress this ad slot.

Foto: Tito Moody
Foto: Tito Moody

“Galera, após o término do ato, começou uma baderna por uma parte isolada de pessoas que NADA tem haver com o nosso movimento.
Reforçando, esse pessoal nada tem a ver com nosso movimento!”

Matheus Maldonado – Repórter Cidadão
 ——————————————————————————————————————————————————————————————————————-
Acabei de chegar do protesto em Itaboraí. Cheguei atrasado, e não entendi pq o protesto seguir pra Rio Ita, invés de seguir o planejado até a Prefeitura. Chegando na Rio Ita tivemos princípios de vandalismo, mas a própria polícia mandou o pessoal sentar pra poder resolver o problema. O pessoal então deu meia volta e fomos pra praça. Em frente a prefeitura foram feitas cobranças em relação a transporte, saúde, etc, num megafone, e o povo repetia, semelhante ao que ocorreu em Brasília, foi lindo. Demos a volta na praça e paramos em frente a câmara dos vereadores. Ali houve um princípio de tumulto. Uma molecada entrou na quadra e começou a tentar enfrentar a polícia. Vi policiais com os sprays de pimenta em punho, empunhando arma de borracha, mas nenhum tiro foi dado: parabéns! O pessoal se dispersou, fiquei um pouco na praça e logo tudo acabou. Tomei o caminho de volta pra casa, e na 22 de Maio, na descida da ladeira, havia um grupo de pessoas tentando impedir os carros de passarem, nos dois sentidos, jogando pedras e outros objetos, e a polícia respondeu com bombas de feito moral. Tive medo, mas mesmo assim segui em frente, e outras pessoas que queriam apenas passar fizeram o mesmo, pela calçada. Diferente do que houve no Rio, passamos tranquilamente, os policiais não fizeram nada conosco, apesar de termos sentido os efeitos do gás. Meu sentimento em relação ao protesto é de felicidade. A polícia agiu muito bem, estar próximo à polícia não significou correr risco de vida, como ocorreu ontem no Rio, e aqui em Itaboraí temos um inimigo no qual devemos focar com todas as nossas forças, a Rio Ita. Espero que o movimento mantenha este inimigo como alvo principal da pauta e não se disperse.
Tito Moody – Repórter Cidadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *