Niterói: Sede provisória da Delegacia de Homicídios será inaugurada na segunda quinzena de dezembro

0 4

Prefeito de Niterói visitou as obras de reforma do prédio, que receberá 160 policiais civis

sededelegacia2O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou na manhã desta quarta-feira (11.12) as obras de reforma do prédio onde será instalada provisoriamente a Delegacia de Homicídios, no centro da cidade. As instalações estão passando por pintura, manutenção de rede elétrica, entre outras intervenções. A unidade da Polícia Civil será inaugurada na segunda quinzena deste mês.

Acompanhado do delegado titular da DH, Wellington Vieira, da secretária Executiva da prefeitura, Maria Célia Vasconcellos, do secretário municipal de Ordem Pública, Marcus Jardim, e de diretores da Emusa – responsável pelas obras de reforma -, o prefeito visitou os três andares do prédio e verificou o andamento dos serviços.

A Delegacia de Homicídios funcionará no local até que a sede definitiva, que será construída no bairro do Barreto, esteja pronta. As instalações provisórias receberão 150 policiais civis e dez delegados, aumentando o efetivo da DH, que atualmente conta com 25 policiais e um delegado e funciona da Rua São João.

A transferência da unidade integra o reforço de policiamento em Niterói, anunciado pelo secretário estadual de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, no dia 19 de novembro. As iniciativas na área de segurança na cidade também incluem a implantação de companhias destacadas da Polícia Militar nos morros do Estado e do Palácio, comunidades que foram ocupadas pelas forças policiais na semana passada.

“A prefeitura está participando ativamente dos esforços para melhorar a segurança na nossa cidade, apoiando e buscando a integração com as iniciativas das forças de segurança do Estado. A vinda Delegacia de Homicídios para esse prédio é uma dessas ações, assim como a implantação das companhias destacadas da Polícia Militar. Essa delegacia vai receber novos dez delegados e mais 150 policiais. O aumento do efetivo vai desafogar as cinco delegacias distritais, que ficarão liberadas para a investigação e o combate às redes criminosas de suas áreas de atuação” afirmou o prefeito.

Rodrigo Neves destacou, ainda, que a prefeitura está fazendo um esforço muito grande para reformar o prédio, que estava abandonado. “Se fôssemos esperar a construção da sede definitiva, no Barreto, que está em fase de licitação, só teríamos esse reforço de efetivo em dezembro de 2014. No entanto, essas medidas eram necessárias ainda em 2013. Estou muito confiante nessas medidas para devolver a tranquilidade para a população de Niterói”, disse Neves.

Fonte: Prefeitura de Niterói – Assessoria de Imprensa

Leave A Reply

Your email address will not be published.