Nota: Equipes da Concessionária Rota 116 intensificam serviços pós-chuva

0 0

Devido as fortes chuvas que caíram na região de Nova Friburgo e Cachoeiras de Macacu, durante os últimos dias, a Concessionária Rota 116 S/A intensificou os serviços de manutenção, limpeza e conservação das redes de drenagem de águas pluviais ao longo da Rodovia RJ 116 (Itaboraí – Nova Friburgo – Macuco). O registro mais grave ocorreu na madrugada de segunda-feira, onde um pequeno deslizamento de terra atingiu o acostamento e parte da pista de rolamento na altura do km 51, em Cachoeiras de Macacu. Desde ontem, equipes estão no local para recuperar o dispositivo de drenagem atingido pela terra e o trânsito funciona no sistema de Pare e Siga, com a retenção e liberação alternada do tráfego no local.

Conleste Notícias nas Redes Sociais::

Clique Aqui e Curta o CN no facebook!

Clique Aqui e Siga o CN no Twitter!

No início da manhã de hoje, no bairro de Valério, também em Cachoeiras de Macacu, uma árvore caiu sobre a rodovia, interditando por poucos minutos o tráfego. Ninguém ficou ferido e a árvore já foi retirada da pista.

Ainda em Cachoeiras de Macacu, operários trabalham no quilômetro 47,8 e 76, na limpeza dos dispositivos de drenagem, atingidos pela chuva. Já a Operação Tapa Buraco acontece entre os quilômetros 15 ao 20.

Já em Nova Friburgo, os serviços de Tapa Buraco acontecem entre os quilômetros 80 ao 90. Em Bom Jardim, há equipes fazendo a limpeza das redes de drenagem entre os quilômetros 102 ao 110.

Obra noturna

Durante a noite, a partir das 21 horas, continuam as obras na altura do quilômetro 78, na localidade de Ponte da Saudade, em Nova Friburgo, onde o trânsito no local funciona até às 5 horas da manhã no sistema de Pare e Siga, com a retenção e liberação alternada do fluxo. O objetivo é evitar congestionamentos durante o dia, já que um equipamento é colocado no centro da pista de rolamento para a perfuração dos dispositivos que irão fazer a contenção da encosta. Durante o dia, o trânsito funciona normalmente e os motoristas devem circular em baixa velocidade e respeitar as orientações dos operadores de tráfego que estarão no local.

 

Fonte: Ana Carolina Melo – Monte Castelo Ideias/ Núcleo Geral

Leave A Reply

Your email address will not be published.