Esportes – Futebol : Clássico Brasil e Argentina decide o ouro do handebol masculino nos Jogos Sul-Americanos

0 0

 

handebol foto1Conleste Notícias nas Redes Sociais::

Clique Aqui e Curta o CN no facebook!

Clique Aqui e Siga o CN no Twitter!

Chegou a hora da decisão para o handebol masculino nos Jogos Sul-Americanos do Chile. Neste domingo (16), Brasil e Argentina reeditam a final da última edição, em 2010, na Colômbia, e a equipe verde e amarela não abre mão de repetir o resultado, levando para casa o ouro. O confronto, em que já se espera, como sempre, muita rivalidade em quadra, será às 19h, no Gimnasio Polideportivo de Viña del Mar. Antes disso, às 17h, Chile e Uruguai decidem o bronze.

Se os brasileiros entrarem na partida da mesma forma que fizeram nos outros jogos, não terão muitos problemas, pois não tiveram muitos erros e conseguiram ditar o ritmo de todos os confrontos até aqui. O técnico Jordi Ribera afirma que, apesar dos adversários serem também consistentes em quadra e apresentarem mais perigo do que os anteriores, o Brasil seguirá trabalhando da mesma forma. “Temos uma filosofia de jogo e temos que seguir com ela. As partidas entre Argentina e Brasil sempre são difíceis. Sabemos que se juntam muitos componentes. Argentina tem um bom time e tenho certeza que será um bom jogo”, disse o espanhol.
O central Thiago Santos fez um ótimo jogo ontem contra o Chile na semifinais, quando o Brasil venceu por 33 a 22. Ele espera, mais uma vez, um grande duelo, cheio de rivalidade contra os rivais sul-americanos. “Estamos preparados e focados para vencer. Sabemos de toda a rivalidade e de todo o clima que envolve Brasil e Argentina em qualquer esporte, mas entraremos conscientes de que temos que fazer o nosso trabalho, que é a defesa e contra-ataques muito fortes. Estamos enxergando todos os jogos com uma perspectiva de aproveitar ao máximo os 60 minutos com muita intensidade e amanhã não será diferente. Nosso maior trunfo é a vontade e a união do grupo”, ressaltou.
Foto : Wando Roberto / Inovafoto / COB

Fonte: Confederação Brasileira de Handebol /  www.brasilhandebol.com.br

Leave A Reply

Your email address will not be published.