Botafogo vence Fluminense nos pênaltis e está na final do Campeonato Carioca

0 1

Clique Aqui e Curta o CN no facebook!

Clique Aqui e Siga o CN no Twitter!

Em uma partida emocionante, o Botafogo venceu o Fluminense duas vezes e está na final do Campeonato Carioca. No tempo normal, o Botafogo ganhou por 2 a 1. E nos pênaltis, o alvinegro ganhou por 9 a 8 depois dos onze jogadores realizarem cobranças. Na decisão, o Botafogo espera o vencendor entre Flamengo e Vasco.

Precisando de uma vitória por dois gols de diferença para ir à decisão (na primeira partida das semifinais o Fluminense havia ganho por 2 a 1), o Botafogo começou tomando a iniciativa do jogo. O resultado veio rápido. Aos cinco minutos do primeiro tempo, Rodrigo Pimpão recebeu a bola em condição irregular na grande área e tocou por cima de Diego Cavalieri. Antes de entrar para o gol, Fernandes completou.

O gol logo no começo do jogo veio como um soco no estômago do Fluminense. Se aproveitando disso, o Botafogo marcou o gol que o classificaria aos 27 minutos. Depois de erro na saída de bola, Bill aproveitou e, em contra-ataque rápido, marcou o gol.

Aos 43 minutos, o Fluminense conseguiu descontar. Depois de jogada rápida, Kenedy foi derrubado por Renan. Pênalti. Na cobrança, Jean acertou com categoria a bola no canto direito e descontou o placar.

No segundo tempo de jogo, o jogo ficou emocionante. O 2 a 1 levaria a decisão para os pênaltis. Mas se algum time marcasse algum gol, garantia a vaga. E, na segunda etapa, o Fluminense passou a ter as principais chances.

O Botafogo teve muitos problemas com lesões durante a partida. Depois de fazer três modificações (duas por motivos físicos), Bill, Marcelo Mattos, Carleto e Luís Ricardo sentiram contusões. Sendo assim, restava ao time se defender e tentar os contra-ataques. E foi isso que o fogão conseguiu: levar a decisão para os pênaltis.

 

Pênaltis

O melhor do jogo ainda estava por vir. Já na primeira série dos pênaltis, a decisão dava mostras que seria emocionante. Na primeira cobrança, Renan pegou pênalti de Kenedy e Cavalieri pegou o chute de Marcelo Mattos. Na segunda série, Jean e Gegê marcaram. No terceiro pênalti, Renan defendeu chute de Gerson e deixou o Botafogo perto da vaga.

Gilberto, Renato, Carleto, Marlone também marcaram. O jogo acabaria no quinto pênalti se Cavalieri não tivesse pegado o chute de Giareta.

Com o resultado igual, as cobranças alternadas tiveram grande índice de acertos: Gum, Marlon, Edson, Roberto e Wellington Silva marcaram para o Fluminense. Para o Botafogo, fizeram Renan Fonseca, Jobson, Luis Ricardo, Bill e William Arão fizeram para o Botafogo.

Com 8 a 8 no placar, o jogo seria resolvido pelos goleiros. Na penúltima cobrança, Cavalieri (heroi até então) isolou e chutou para fora. No último pênalti, Renan bateu bem e garantiu a vaga para o Botafogo. No final, Botafogo 9 x 8 Fluminense.

 

Botafogo 2 x 1 Fluminense (9 a 8 nos pênaltis)

Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Público: 13.958 pagantes e 16.312 presentes

Renda: R$ 784.440,00

 

Árbitro: Péricles Bassols Cortez

Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e Michael Correia

 

Gols: Fernandes (aos cinco minutos do primeiro tempo), Bill (aos 27 minutos do primeiro tempo); Jean (aos 42 minutos do primeiro tempo).

 

Cartões amarelos: Renan e Luís Ricardo (Botafogo)

 

Botafogo: Renan, Gilberto, Diego Giaretta, Renan Fonseca e Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão, Fernandes (Luís Ricardo) e Elvis (Gegê); Rodrigo Pimpão (Jobson) e Bill. Técnico: René Simões

 

Fluminense: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Marlon, Gum e Giovanni (Renato); Edson, Jean, Vinícius (Marlone), Gerson e Wagner (Robert); Kenedy. Técnico: Ricardo Drubscky.

 

Por: EBC

Foto: Úrsula Nery/ Ferj

Leave A Reply

Your email address will not be published.