Com um a menos, Fogão vence com gol no fim e assume a liderança da Série B!

0 1

Clique Aqui e Curta o CN no facebook!

Clique Aqui e Siga o CN no Twitter!

Um Botafogo forte, determinado, que não se entrega e busca até o fim o resultado. Com um jogador a menos, o Botafogo venceu o Paraná por 2 a 1, nesta terça-feira, no Durival de Britto, com gol de Rodrigo Pimpão no último minuto! O Fogão assumiu a liderança e chegou a 13 pontos no Campeonato Brasileiro da Série B com a vitória heroica.

O próximo adversário é o Mogi Mirim, sexta, no Estádio Nilton Santos.

O JOGO

No frio de Curitiba, o Botafogo teve que lidar com os desfalques de Jefferson, Thiago Carleto e Daniel Carvalho. O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio, com leve domínio alvinegro, em um jogo estudado e truncado.

No início, as defesas levavam vantagem sobre os ataques. Ao Botafogo, restavam tentativas de chutes de longe, com Bill e Elvis, enquanto o Paraná pouco criava. Quando houve espaço, Elvis fez boa jogada pela direita e cruzou, Bill dividiu com o zagueiro e a bola entrou, aos 26. Paraná 0 x 1 Botafogo! O árbitro deu gol contra de Zé Roberto.

Em vantagem, o time alvinegro teve duas oportunidades para ampliar. Em uma, Diego Giaretta cruzou e Rodrigo Pimpão, próximo à pequena área, quase conseguiu a finalização. Na outra, Willian Arão entrou em boas condições pela direita e rolou para trás, mas a zaga travou.

O jogo parecia controlado. Porém, Eder roubou uma bola no meio-de-campo, avançou e sofreu pênalti de Pedro Rosa, em lance discutível. Na cobrança, aos 40, Fernando Viana converteu e colocou 1 a 1 no placar.

Na etapa final, a partida mudou. Embora o Botafogo tenha levado perigo em cobrança de falta de Diego Giaretta, o Paraná pressionou e criou uma série de chances antes dos 10 minutos. Renan fez três defesas seguidas, em cabeçadas de Fernando Viana e Luis Felipe e em forte chute de Rafael Costa.

O Botafogo conteve a pressão, reequilibrou o jogo e voltou a chegar ao ataque. Aos 15, Bill fez bem o trabalho de pivô, ajeitou e Elvis pegou mal na bola. Aos 20, Elvis arriscou de fora da área e o goleiro pegou.

René Simões já tinha trocado os meias (Diego Jardel e Elvis por Lulinha e Tomas), quando perdeu Willian Arão, expulso de forma rigorosa. O árbitro André Luiz de Freitas Castro apontou mão do volante em um lance em que ele tinha os braços para trás e ainda deu cartão amarelo. Uma reclamação que sequer foi tão forte se tornou cartão vermelho, aos 27.

Bill deu lugar a Roger Carvalho. Era o momento de segurar a pressão do adversário, o que o Botafogo fez com êxito. E, para ficar ainda melhor, no último minuto, Rodrigo Pimpão, isolado no ataque, arriscou de longe e marcou o gol da vitória! Paraná 1 x 2 BOTAFOGO!

BOTAFOGO: Renan, Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Pedro Rosa; Marcelo Mattos, Willian Arão, Elvis (Tomas) e Diego Jardel (Lulinha); Rodrigo Pimpão e Bill (Roger Carvalho). Técnico: René Simões.

 

Por: www.boatfogo.com.br

Foto:  Cleber Mendes (Lancepress)

Leave A Reply

Your email address will not be published.