Copa América: Seleção Brasileira é superada pela Colômbia por 1 a 0

0 0

Clique Aqui e Curta o CN no facebook!

Clique Aqui e Siga o CN no Twitter!

A Seleção Brasileira foi derrotada nesta quarta-feira por 1 a 0 pela Colômbia, na segunda rodada do Grupo C da Copa América do Chile. Jeison Murillo fez o gol, no Estádio Monumental de Santiago. Brasil, Venezuela e Colômbia estão com três pontos na chave, enquanto o Peru está zerado.

Na quinta-feira, Venezuela e Peru vão jogar em Valparaíso, ainda pela segunda rodada. Na última rodada, domingo, o Brasil enfrentará a Venezuela, novamente no Estádio Monumental, às 18h30 (de Brasília).

Jogo duro

Em uma partida que apresentou marcação forte das duas equipes, a Colômbia abriu o placar aos 35 minutos. Depois de falta cobrada por Cuadrado, Jeison Murillo pegou a sobra e mandou para o gol, sem chance de defesa para Jefferson.

A melhor oportunidade brasileira na primeira etapa foi de Neymar. Daniel Alves cruzou para o camisa 10 cabecear, mas o goleiro Ospina salvou. Na sequência, o árbitro deu cartão amarelo para Neymar porque viu intenção num lance em que, acidentalmente, a bola bateu em sua mão. Como foi o segundo cartão do capitão brasileiro na competição, ele não vai enfrentar a Venezuela.

No segundo tempo, Dunga promoveu a entrada de Philippe Coutinho no lugar de Fred e a Seleção passou a pressionar bem mais o adversário.

Neymar invadiu a área com liberdade, aos três minutos, mas finalizou pra fora. Em outra grande chance, Murillo recuou mal para Ospina, que se enrolou com a pressão de Elias. A bola sobrou para Roberto Firmino, que chutou por cima.

Na etapa final, também entraram Douglas Costa e Diego Tardelli nos lugares de Willian e Elias, respectivamente.

Aos 34, Douglas Costa cruzou fechado da esquerda, Roberto Firmino apareceu bem para cabecear, mas mandou pra fora. Apesar de a Seleção Brasileira estar melhor, quem acabou vencendo foi a Colômbia.

Após o apito final, houve uma confusão e o árbitro deu cartão vermelho para Neymar e Bacca.

Brasil: Jefferson; Daniel Alves, Miranda, Thiago Silva e Filipe Luís; Fernandinho, Elias (Diego Tardelli), Fred (Philippe Coutinho) e Willian (Douglas Costa); Roberto Firmino e Neymar.

Colômbia: Ospina; Zuñiga, Zapata, Jeison Murillo e Armero; Valencia (Mejía), Carlos Sánchez, Cuadrado e James Rodríguez; Téo Gutiérrez (Bacca) e Falcao Garcia (Ibarbo).

 

Fonte: Assessoria CBF

Foto: Rafael Ribeiro – CBF

Leave A Reply

Your email address will not be published.