Alunos da Pestalozzi de Itaboraí aprendem técnicas de plantio

0 0

Conleste Notícias nas Redes Sociais::

::Clique Aqui e Curta o CN no facebook!

::Clique Aqui e Siga o CN no Twitter

Nesta quarta-feira (2/12) dez alunos da Associação Pestalozzi de Itaboraí (API), vivenciaram uma nova experiência pedagógica. Eles colocaram em prática as técnicas de plantio abordadas pelos professores da unidade na sala de aula. Orientados por técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca, os estudantes ajudaram a recuperar o jardim da secretaria, utilizado flores ornamentais doadas por produtores locais. Entre as espécies estão a palmeira fênix, que cresce até quatro metros, e a Ixoria, um arbusto característico da região. A próxima etapa prevê  a criação de uma horta no local, o que fará com que os alunos passem a consumir aquilo que eles mesmo produzirem. Tudo isso, sem o uso de agrotóxicos.

A ideia, segundo o secretário municipal de Agricultura, José Carlos Rodrigues é ampliar a percepção das crianças sobre a natureza e  mostrar que todos podem se alimentar bem, com muito pouco.

“Hoje foi apenas começo. A nossa proposta não é somente entregar a horta ou jardim pronto para as instituições., mas fazer com que o cidadão participe e compreenda  que todos podem se alimentar com qualidade ao ter sua própria horta ou conhecer mais a natureza a partir do seu jardim”, explica Rodrigues.

A iniciativa faz parte do Projeto de Segurança Alimentar da Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento e Pesca que pretende, até o fim deste ano, criar 8 hortas, sendo seis no Centros de Referência da Assistência Social (Cras), um na Casa do Artista de Itaboraí e outro no Associação Pestalozzi de Itaboraí. O programa municipal de Controle da Tuberculose e a Clínica-Escola do Autista foram os primeiros a serem contemplados pela iniciativa.

A Instituição

Associação Pestalozzi de Itaboraí (API) atende cerca de 100 crianças especiais do município, como autistas, portadores da síndrome de Down, deficientes físicos e intelectuais. No local as crianças contam ainda com fisioterapeutas, fonoaudiólogos e psicobiólogos.  A unidade completa 25 anos neste sábado (5/12) e as comemorações serão realizadas no dia 18.

 

Fonte: Ascom Itaboraí

Foto: Sandro Giron

Leave A Reply

Your email address will not be published.