Tanguá – 35º BPM: DPO de Tanguá não perdoa e prende 7 no fim de semana

0 8

Seguindo a determinação do comando geral do 35º BPM de Itaboraí, o Capitão Marcelo Salles e a equipe de policiais sob o seu comando tem obtido o reconhecimento da população.

Sábado:

Durante patrulhamento de rotina, feito no último sábado, 04/03, com o objetivo de combater o tráfico de drogas na comunidade das ‘Casinhas’ (Condomínio da Caixa Econômica Federal) em Vila Cortes, os agentes do DPO de Tanguá 2ª Cia do 35º BPM, conseguiram prender 4 traficantes, Tiago Costas dos Santos, (vulgo PQD, gerente do tráfico local), 23 anos – Wilson Alves de Almeida (vulgo Mata Rindo), 19 anos – o menor E.S.M, 16 anos – e Weverton Vieira Moreira, 21 anos, que estavam de posse de 130 tabletes de maconha, 31 papelotes de cocaína, 13 cápsulas de cocaína e 04 frascos de loló.

Domingo:

No último domingo, 05, após uma denúncia anônima de que 3 elementos estariam se deslocando da favela do Salgueiro, em São Gonçalo para Silva jardim com grande quantidade de maconha, em um Celta de cor preta, as guarnições do DPO do Centro (Sede da 2ª Cia) e do DPO de Duques, realizaram uma operação na BR 101, na altura de Duques e conseguiram prender, Wesley da Silva Moreira, 29 anos – Yago Ney da Silva Soares, 19 anos e o menor J.P.A.F, 17 anos. Com os traficantes haviam 02 tabletes de maconha.

População:

É notório o reconhecimento do exemplar e constante trabalho de combate ao crime que tem sido realizado na cidade de Tanguá e região. E a população reconhece que os esforços têm sido fora do comum, mesmo com a crise que o Estado vem passando, o que tem afetado a segurança pública em todo o Rio de Janeiro.

“A gente sabe e entende que a polícia tem feito um bom trabalho sim, mesmo com toda a dificuldade, que vai desde salários atrasados, até equipamentos sucateados. Aqui em Tanguá a gente ficou com muito medo quando teve aquele problema das mulheres dos policiais ficarem na frente dos quartéis, mas graças à Deus, li uma matéria do Capitão Marcelo dizendo que eles iam trabalhar normal e trabalharam mesmo. Me senti mais segura. Aliás, tenho visto mais as viaturas andando por Tanguá, de moto ou de carro. Parabéns” Disse uma moradora que preferiu não se identificar.

Em relação aos presos, todos foram conduzidos para a 70 DP, onde foram autuados no Art. 33 da Lei 11343/06 – tráfico de drogas.

 

Foto: Divulgação

Por: Redação CN

Leave A Reply

Your email address will not be published.